Porto FXO

Para configurar a FXO Port, ou linha/tronco, as configurações são bem simples. tela_ht503_FXO_port_01 Account Active – deve ser marcada como “Yes”, desta forma o gateway entende que ela está ativada e portanto irá executar as suas configurações. Primary SIP Server – aqui será indicado o FQDN ou endereço IP do seu servidor de PABX IP. Failover SIP Server – Aqui será informado o FQDN ou endereço IP do seu segundo servidor PABX IP em caso de falha do primário. Se você não possui um segundo servidor de PABX IP, não há problemas, só deixá-lo em branco. tela_ht503_FXO_port_02 SIP transport – será a forma como o pacote SIP será transportado. Neste caso utilizaremos UDP. Em um artigo futuro sobre configurações avançadas iremos tratar cada opção. NAT Transversal – a opção aqui deve ser marcada como “No”. SIP User ID – neste você irá informar o número do tronco criado no 3CX. Caso deseje saber como fazer isso, veja o artigo Gateway Grandstream GXW-4104/4108 com 3CX PhoneSystem. Authenticate ID – é o identificador de autenticação do tronco, será o mesmo do SIP User ID neste caso. Authenticate Password – aqui você irá informar a senha de autenticação do tronco. Ela se localiza logo abaixo do ID de autenticação do tronco. Name – é o nome pelo qual você irá identificar essa linha, o número mostrado será o da sua linha analógica.

SIP Port

tela_ht503_FXO_port_03 Local SIP Port – último item mas nem por isso menos importante. Verifique a Local SIP Port. Ela é definida na criação do tronco. Mais algumas alterações são necessárias ainda.

Recebendo ligações

Para poder receber ligações no seu gateway e que sejam encaminhadas ao tronco criado, localize o campo abaixo: Number of Rings – números de toques que deverão ser feitos antes da ligação ser encaminhado para o PABX. Para uma reposta rápida, configure com 1. PSTN Ring Thru FXS – PSTN (operadora – linha) toca através da FXS (ramal), isso faz com que a ligação toque no ramal e não no PABX. Configure como NO. Para concluir a entrada das ligações, vá até a aba Basic Settings. Localize o campo conforme a imagem abaixo. Nele você deverá indicar o número do tronco que foi criado no 3CX para autenticar o gateway HT-503. No caso aqui utilizamos foi criado o 10001. Indique também o IP do PABX e a porta pelo qual o gateway é “escutado”.

Fazendo ligações

Após criar as regras de oubound no 3CX. Vá até a aba FXO port. Localize o campo “Wait for dial tone”, conforme abaixo.

Wait for Dial-Tone – aguardar tom de discagem, configure como NO. Stage Method (1/2) – é o modo de discagem. Deve ser configurado com 1, aonde a discagem é feita direta para a porta FXO.   Pronto! Agora vá até a parte inferior da página e clique no botão “Update”. tela_ht503_botoes Após alterar as configurações ele lhe mostrará a seguinte mensagem.

tela_ht503_update

Vá até o rodapé e clique em “Apply”. Conseqüentemente, você verá a seguinte mensagem e o botão de “Reboot”.

tela_ht503_apply

Agora sim pode clicar em “Reboot”. Você verá a seguinte mensagem. tela_ht503_rebootado Aguarde os 30 segundos informados e clique em “Click to relogin”. Acesse o gateway e veja a página de status.

Status das portas

Você deverá ver na tela algo como essa tela abaixo. Isso indica que tanto o seu ramal (FXS) e sua linha (FXO) estão autenticados no 3CX. tela_ht503_fxsEfxo_registred No seu 3CX, na aba de SIP Trunks, você verá seu gateway registrado como abaixo. tela_ht503_3cx_fxo Parabéns! Isso significa que você fez tudo certo. Agora só criar regras de saída como falamos no artigo Gateway Grandstream GXW-4104/4108 com 3CX PhoneSystem – parte 3 e desfrutar da tecnologia IP utilizando sua linha analógica. Do mesmo modo, se deseja falar conosco, envie um e-mail para contato@forumsip.com. Até mais!
Gateway analógico HT-503/813  – Parte 5
%d blogueiros gostam disto: