Quando as ligações caem com 32 segundos, isso é uma característica de troncos/links estabelecidos baseados em IP, ou seja, quando não há autenticação feita por usuário e senha, mas sim baseado na origem do IP do tronco SIP.

Por questões de segurança as operadoras (Embratel, Vivo, Algar, etc…..) baseados em acesso por meio de fibra óptica, onde eles entregam um acesso próprio, com um modem/roteador da operadora e este ligado direto ao core da operadora. Desta forma eles garantem a entrega do acesso, a qualidade do mesmo e a segurança de que somente determinados pacotes – os necessários para o tráfego de voz, serão trafegados ali.

Para isso, eles irão fornecer ao cliente um IP que deve ser configurado na placa do seu PABX, um gateway que será o padrão desta placa, e também um host SIP ou SIP Server, que é onde se fará o estabelecimento das ligações geradas e recebidas do cliente.

Agora começamos a explicar o motivo pelo qual as ligações caem com 32 segundos.

Ao receber o invite de uma ligação, o SIP Server da operadora realiza uma validação básica, ou seja, ele olha o caller ID que está chegando para ele, se estiver OK ele autoriza a ligação a ser estabelecida. Após o estabelecimento da ligação, ele começará a fazer as demais validações necessárias para segurança da ligação, e aqui entra o momento que irá definir com o prosseguimento da ligação.

Configuração recebida da operadora

Lembre-se que o cliente recebeu um IP para configurar em sua placa de rede, que deve ser dedicada para tráfego da operadora. Vamos criar um cenário fictício aqui. Nossa operadora fictícia será a Embratel, para termos mais realismo. A equipe Embratel, nos informa os seguintes dados abaixo:

Placa de rede do PABX: 173.27.3.179

Gateway: 173.27.3.178

Máscara: 255.255.255.248 (/29)

Proxy: 192.168.26.1

Obs.: Algumas operadoras, ou até regionais da mesma operadora, definem o SIP Server como Proxy, IP Proxy, Proxy Server, Host SIP e algumas outras denominações.

Caso não se entenda na linguagem com a operadora, uma pergunta resolve tudo: Qual o endereço IP onde minhas ligações devem chegar? A resposta será o tal do IP Proxy.

Pronto! Com estes dados em mãos vamos estruturar no servidor e ver como ficou a estrutura da rede.

infraestrutura cliente x operadora

Nesta imagem temos a estrutura de rede completa, desde o telefone IP interno da empresa, até a conexão com internet na operadora, passando pelo servidor interno da empresa, gateway/router da operadora e SIP Server.

Acima de tudo, note que o servidor interno da empresa possui 2 IP’s configurados, ou seja, ele possui duas placas de rede. Isso é mandatório? Não.

Mas se você trabalhar com uma placa só, você terá que fazer as devidas configurações em algum equipamento de rede que gerencie esse roteamento para você.

Qual equipamento de rede para roteamentos você recomenda? Aquele que você domina.

E como informar qual caminho deve ser tomado em caso de uma ligação que deve sair pelo tronco SIP da operadora e não para outro destino qualquer?

Será necessário efetuar a criação de rotas estáticas, além das devidas configurações do tronco no PABX IP.

Revisando o tronco da operadora

Agora a questão é descobrir a queda das ligações com 32 segundos, então vamos assumir que as configurações já tenham sido feitas. Como descobrir o motivo dessas quedas? No 3CX, precisa validar as seguintes configurações.

Dentro da configuração do tronco. Na aba “Geral, certifique-se do IP do SIP Server no campo “Nome do domínio ou endereço IP do Servidor SIP” corresponde ao informado pela operadora. A porta geralmente será a 5060.

ligações caem com 32 segundos - o que fazer?

Campo composto pelo endereço FQDN ou IP do Servidor SIP, porta – geralmente 5060. Havendo ainda a possibilidade de marcar “Procurar Automaticamente” e deixar que o PABX e a operadora comuniquem qual porta usar.

Ainda dentro do tronco você pode validar as informações contidas na aba Opções, certifique-se de informar no campo “Selecione qual IP para usar nos campos ‘Contato’ (SIP) e ‘Conexão’ (SDP)”. Bem como definir os campos ‘Protocolo de transporte’ e ‘Modo IP’.

O campo “Selecione qual IP para usar nos campos ‘Contato’ (SIP) e ‘Conexão’ (SDP)” é composto por 2 campos. No primeiro você deve selecionar “Usar este endereço de IP”. E no campo logo abaixo, deve informar o IP da placa de rede informado pela operadora, no nosso exemplo será o 173.27.3.179.

Primeiro você deve informar que irá fornecer o IP a ser utilizado, e no campo logo abaixo informar o IP da sua placa, fornecido pela operadora.

Protocolos de Transporte e Modo IP (IPv4 e IPv6)

Em ‘Protocolo de transporte’ e ‘Modo IP’ defina ambos como ‘Qualquer’. No primeiro campo você definirá o protocolo de transporte podendo ser TCP, UDP, TLS ou a opção Qualquer. No campo ‘Modo IP’, você pode optar por IPv4 ou IPv6, ou ainda definir como ‘Qualquer’.

Logo após, olhe na aba “Parâmetros de Saída”. Verifique os seguintes campos: Contact Host Part, To: Host Part e From: Host Part. Esses campos devem estar definidos na variável como “Custom Flield” e no campo texto que se abrir ao lado, você deverá digitar o IP da sua placa de rede, informado pela operadora. Conforme mostra abaixo.

Com essas configurações, seu tronco tem que funcionar corretamente.

Para concluir: A queda das ligações com 32 segundos é puramente um erro de informações repassadas ou recebidas para a operadora.

Agora só criar as rotas de saída e pronto. Ser feliz!!!

Se tiver dúvidas, use nosso chat, informe seu nome e e-mail, que caso não estejamos online, entraremos em contato assim que possível.