FXS Port

Primeiro de tudo, para configurar a porta FXS, ou ramal, as configurações são muito simples.

tela_ht503_FXS_port_01

Account Active – deve ser marcada como “Yes”, desta forma o gateway entende que ela está ativada e conseqüentemente irá executar as suas configurações.

Primary SIP Server – primeiro de tudo, aqui será indicado o FQDN ou endereço IP do seu servidor de PABX IP.

Failover SIP Server – Aqui será informado o FQDN ou endereço IP do seu segundo servidor PABX IP em caso de falha do primário.

tela_ht503_FXS_port_02

SIP transport – conseqüentemente será a forma como o pacote SIP será transportado; neste caso utilizaremos UDP.

NAT Transversal – a opção aqui deve ser marcada como “No”, pela razão que, o NAT Transversal; ou NAT-T, é usado pelo IPSEC e precisa de roteadores que suportem NAT-T.

SIP User ID – neste você irá informar o número do ramal, como 02, 20, 200 e assim por diante.

Authenticate ID – é o identificador de autenticação do ramal. Conforme mencionado na primeira parte deste artigo – Gateway analógico HT-503/813 com 3CX PhoneSystem – Parte 1 – conseqüentemente o ID; por segurança, deve ser diferente do número do ramal.

Authenticate Password – certamente aqui você irá informar a senha de autenticação do ramal; ela se localiza logo abaixo do ID de autenticação do ramal.

Name – é o nome pelo qual você irá identificar essa linha, conseqüentemente o nome mostrado para o destino será o cadastrado no seu PABX IP.

Efetivando as configurações

Pronto! Agora vá até a parte inferior da página e clique no botão “Update”.

tela_ht503_botoes

Após alterar as configurações ele lhe mostrará a seguinte mensagem.

tela_ht503_update

Contudo, vá até o rodapé e clique em “Apply”.

Então você verá a seguinte mensagem e conseqüentemente o botão de “Reboot”.

tela_ht503_apply

Ela informa que as configurações foram alteradas e salvadas, devido a isso é que só após o apply as alterações tem validade.

Enquanto no “Update” elas só são alteradas, não salvadas.

Você pode também executar o botão “Apply” direto se desejar.

NÃO CLIQUE EM “REBOOT” agora.

Conseqüentemente vamos fazer outras alterações no gateway e executar depois esse reboot.

Gateway analógico HT-503/813 – Parte 4
Gateway analógico HT-503/813 – Parte 6
Configurações básicas
Configurações avançadas
Porta FXS
Porto FXO
%d blogueiros gostam disto: